Biblioteca Central incentiva boas maneiras com os livros

Texto e fotos: Priscila dos Anjos (priscila.anjos88@gmail.com)

foto principal materia biblioteca

Rabisco. Essa é a rasura mais encontrada nos livros da Biblioteca Central da UFSC, segundo a chefe de circulação e recuperação de informação da BU, Roberta de Bem. Para incentivar o bom tratamento das obras, o setor de serviços de coleções especiais organizou uma exposição com dicas de boas práticas com livros.

Atualmente, a administração da BU está apostando em ações preventivas, pois possui  apenas um servidor interno responsável pela encadernação, etiquetagem e colocação de fitilho (proteção contra roubo). “Tentamos fazer esse tipo de conscientização constantemente, pois estamos sem servidores suficientes para fazer a restauração de livros” afirma Joana Felicio, uma das organizadoras da exposição. Se o livro for extraviado, a orientação da administração é que os servidores identifiquem seu estado no ato da devolução, para que o acadêmico seja responsabilizado e o reponha.

Isadora Berka cursa a 5ª fase de história na UFSC e costuma pegar livros emprestados na Biblioteca Central a cada duas semanas. A acadêmica afirma que o acervo de literatura da Biblioteca está em boas condições, diferente dos livros de História que estão na bibliografia de suas disciplinas: “alguns estão bem velhinhos”. Leitora voraz, Isadora procura cuidar bem dos empréstimos que faz na BU. “Eu tenho muitos livros em casa e cuido bem deles, então procuro fazer o mesmo com os da biblioteca.”

De acordo com o Relatório de Atividades da Biblioteca Universitária, em 2012, 4.858 tiveram que passar pelo processo de encadernação, sendo que 1.296 por servidores da UFSC, e 3.562 por uma empresa licitada. Já em 2013, 115 livros foram encadernados fora da UFSC e não houve encadernação interna. Em 2014, não ocorreram restaurações de livros, pois não houve empresa vencedora no processo licitatório. Hoje há 3.269 livros esperando por restaurações na Biblioteca Central.

Em 2012:

Em 2013:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.