Manifestação na UFSC no Dia Nacional de Luta da Educação

Texto e vídeo: Beatriz Santini (beatrizfsantini@gmail.com) e Priscila dos Anjos (priscila.anjos88@gmail.com)

26m_MATERIA
Com cartazes, bateria e músicas que ironizam a situação da educação brasileira, acadêmicos da UFSC protestaram hoje, em frente ao Restaurante Universitário. Segundo a organização, a principal proposta do ato é a reabertura da ala A do RU, como solução para as grandes filas. O ato segue a pauta do “26M: Dia Nacional de Luta da Educação: a revolta com os cortes de recursos na educação”, mobilização que também ocorreu em várias universidades federais pelo país.

Durante o horário de almoço, os estudantes chamaram atenção de todos para a manifestação e falaram sobre o corte de gastos na educação feito pelo governo federal. Depois, seguiram para dentro do Restaurante Universitário, onde realizaram uma manifestação artística.

No orçamento da União, aprovado para este ano, está previsto um corte de até oitenta bilhões nos gastos públicos e a área da educação é uma das principais afetadas. Os manifestantes alegam que na UFSC essa situação de restrição já é percebida na falta de uma ala nova para o RU, insuficiência de moradia estudantil e no corte de bolsas estudantis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.