Foto por Fusion Medical Animation/Unsplash

Coronavírus: o que você precisa saber sobre

O mundo enfrenta uma pandemia do novo coronavírus, conhecido como Covid-19. Vários países já estão sob políticas de quarentena da população para evitar o contágio abrangente e a sobrecarga no sistema de saúde. O Brasil não é diferente. Neste sábado (28), todos os estados do país já apresentavam casos da doença e em dez deles já há registros de mortes.

Nestes tempos caóticos é importante ficar atento não apenas às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) que indicam que a população que pode ficar em casa, fique o máximo possível. Além disso, também é preciso cuidar da onda de notícias falsas que toma conta da internet e da saúde mental que pode sofrer com a ansiedade e a preocupação.

Separamos alguns pontos importantes para ficar informado e se manter bem neste período:

  • Para saber mais

Para se manter informado sobre os casos de corona vírus e as principais medidas que vêm sendo tomadas, há dois locais fundamentais: o site do Ministério da Saúde e o da Organização Mundial da Saúde. Além disso, o site da UFSC também vem trazendo uma série de informações relevantes sobre o tema e entrevistas com pesquisadores da instituição.

  • Isolamento social

Muitas pessoas não podem ficar em casa. A realidade brasileira é diversa e vasta o suficiente para sabermos que ficar em casa neste momento é um privilégio. Entregadores, profissionais da saúde, cuidadores, cozinheiros, farmacêuticos, vendedores, entre outros tantos precisam sair de casa. Por isso, é importante que quem pode, na medida do possível, obedeça às orientações da OMS sobre o isolamento social. De acordo com um parecer elaborado por mais de 50 cientistas do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UFSC, “não parece existir do ponto de vista científico uma alternativa segura à quarentena total mantida até o controle da pandemia”. Segundo o documento, mesmo mantendo a quarentena ainda verifica-se um crescimento exponencial da doença.

  • Mantenha a sanidade

Ficar em casa pode ser mais desafiador do que parece. Ansiedade, nervosismo e preocupação podem tomar conta das pessoas, além disso, quem já sofre com doenças como depressão pode se sentir ainda mais pressionado. A pesquisadora Paola Barros-Delben, do Laboratório Fator Humano da UFSC, disponibiliza uma série de cards com sugestões para manter-se saudável neste momento. Veja mais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.