Um mergulho pelos trabalhos de conservação do Tamar

Projeto auxilia na preservação de tartarugas-marinhas e do meio ambiente

As tartarugas são uma subclasse de répteis, muito antigos, que surgiram há cerca de 200 milhões de anos. Sete espécies marinhas vivem nas águas tropicais e subtropicais dos oceanos e nadam centenas de quilômetros à procura de comida ou local para desovar. No Brasil, há cinco tipos e todos ameaçados de extinção. São elas, a tartaruga-cabeçuda, tartaruga-de-pente, tartaruga-verde, tartaruga-oliva e tartaruga-de-couro. Porém, em toda a costa brasileira, existem pessoas que auxiliam na conservação desses animais através do Projeto Tamar. A base de Florianópolis, na Barra da Lagoa, conta com diversos profissionais que se dedicam diariamente à realização de pesquisas, tratamento de tartarugas feridas e doentes e conscientização ambiental. Leia a matéria completa aqui.

foto1_galeria
As tartarugas feridas encontradas nas praias de Santa Catarina são levadas para o Tamar e reabilitadas. Foto: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.