UFSC não tem prazo para projeto de iluminação

Texto: Marília Marasciulo (mariliamarasciulo@gmail.com)

Fotos: Brenda Thomé (brendathome@gmail.com)

O campus da UFSC, na Trindade, está escuro e quem passa por ele à noite sente-se vulnerável por causa da falta de iluminação. Embora o Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) esteja elaborando projeto para a iluminação do campus, ainda não existe previsão de quando começará a ser executado.

O engenheiro responsável, Irvando Luiz Speranzini, reconhece que a iluminação da área está precária, mas que luz não significa só “postes e lâmpadas”. É necessário também, segundo ele, pensar em elementos como a acessibilidade das calçadas, no tipo de lâmpadas a serem utilizadas, de como será feito o controle do acender/apagar das luzes, na drenagem do terreno e de como estes postes podem interferir no ambiente. “Não tem sentido ficar só fincando postes”, afirmou Speranzini.

O engenheiro explica que o DPAE está lidando com o problema através de várias frentes: técnica, de parceiros – como a CELESC e outros possíveis fornecedores. Ele afirma que o projeto “está adiantado e que pretendem colocar o produto na rua o mais rápido possível”, embora sem estabelecer uma data.

O pró-reitor de Administração Antônio Carlos Montezuma explica que somente quando o projeto estiver pronto é que a chamada para licitação poderá ser realizada, mas a PROAD já estuda os tipos de licitação que são mais viáveis economicamente. Segundo Montezuma, a ideia é que até o final deste ano as obras tenham início, embora ele não especifique quando ficariam prontas.

[widgetkit id=1677]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.