Servidores técnico-administrativos discutem reivindicações de greve na UFSC

O comando de greve dos servidores da UFSC realizou hoje uma assembleia no hall da reitoria para discutir as reivindicações e a organização da greve nacional. Durante a reunião, foram distribuídos cartazes e definidos os responsáveis pelas funções que devem auxiliar o comando de greve: comunicação e divulgação, finanças, infraestrutura e mobilização. Até o momento, cerca de 20 servidores técnico-administrativos participam do comando.

As principais reivindicações dos servidores estão relacionadas ao estabelecimento de políticas permanentes de correção salarial de acordo com a inflação, a igualdade salarial entre trabalhadores ativos, aposentados e pensionistas e a revogação das leis que criaram a EBSERH, a Funpresp e outros projetos que contrariem os direitos dos trabalhadores. Também estão em pauta a redução da jornada de trabalho para 30 horas sem diminuição do salário e a revogação dos cortes de orçamento nas instituições federais de ensino.

A Biblioteca Universitária está fechada a partir de hoje em razão da greve. O Restaurante Universitário, no entanto, deve funcionar até quarta-feira, em razão da quantidade de comida em estoque. De acordo com a direção do RU, serão necessários mais três dias de refeições para esgotar os mantimentos e evitar o desperdício de comida.

Confira abaixo as fotos da assembleia:

[widgetkit id=9258]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.