Peça EU CONFESSO! brinca com os mitos da criação da humanidade em um monólogo de Deus

Texto: Murici Balbinot (muricibalbinot@gmail.com)

A peça  “EU CONFESSO!”, dirigida por Antônio Cunha, que narra um monólogo de Deus sobre as aventuras da criação, é a atração do teatro de UFSC entre os dias 23 de maio e 1º de junho. O espetáculo  instiga o público ao fazer reflexões e provocações sobre a formação da sociedade em um tom de confissão divina, abusando do sarcasmo. As apresentações começam  às 20h e a entrada custa R$ 10 (R$ 5, a meia-entrada).

O “Senhor” revela, em meio à peça, ter perdido o controle da sua obra. Assim,  Deus narra as ideias de sucesso mas, no decorrer do processo ocorrem alguns imprevistos. “Levantei ficcionalmente aspectos que se conectem com a constituição da sociedade humana, sem me preocupar com cronologia e com a própria ‘verdade histórica’, explica o autor e diretor Antônio Cunha. Para ele, não há a intenção de afirmar ou negar a existência de um ser criador.

fotodeus
Foto: Divulgação

A peça é encenada pelo Grupo Armação, o mais antigo de Florianópolis,  e terá o ator Édio Nunes, que completou 50 anos de carreira em 2013, interpretando o Criador.  “Todos os trabalhos que executei foram divididos com parceiros e a troca cênica sempre me deu um suporte e garantia que agora estão ausentes”, revela.

Cunha diz que a motivação para elaborar a peça vem da ideia de falar sobre a humanidade e “ninguém melhor do que o mito para falar da criação”. Deus aparece como um homem, seu igual, que fez à sua imagem e semelhança e não está acima dele. “Poderia ser Odin, ou Zeus…”, completa. O espetáculo foi selecionado no edital Elisabete Anderle de estímulo à cultura, promovido pela Federação Catarinense de Cultura, e recebeu R$ 20 mil do Governo do Estado.

 SERVIÇO

O que: EU CONFESSO! monólogo escrito por Antônio Cunha, com Édio Nunes

Quando: de 23 de maio a 1 de junho (sexta-feira, sábado e domingo)

Horário: 20h

Onde: Teatro da UFSC (Igrejinha)

Ingresso: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.