Horto florestal: o verde na selva de pedra

Reportagem e fotografia: Júlia Mallmann (juliamallmann4@gmail.com)

Saguis, jacaré-do-papo-amarelo, patos, gralhas, papagaios, tucanos. Esses são alguns dos animais que podem ser vistos no Parque Ecológico Municipal Professor David Ferreira Lima, também conhecido como Horto Florestal do Córrego Grande. Além da exuberante fauna, o parque conta ainda com uma grande variedade de plantas nativas. Com 22 hectares o parque foi aberto ao público em 1994, no bairro Córrego Grande, região central da ilha.

O Horto é sede do departamento de educação ambiental da Fundação Municipal do Meio Ambiente, a Floram, que realiza oficinas de reciclagem de papel e óleo de cozinha no local, além de ministrar cursos de conscientização ecológica. Lá funciona também  o “Projeto Família Casca” que faz compostagem de resíduos.

São quatro as  trilhas no Horto: Trilha Garapuvu, Trilha Palmiteiro, Caminho da Embaúba e Trilha Pau-Jacaré – essa última é acessível, com local de apoio e textos em braile. O parque abre todos os dias das sete horas da manhã até às seis horas da tarde. É importante lembrar que é proibido alimentar os animais que vivem no parque. Os visitantes podem colaborar deixando a ração adequada para cada espécie na   sede da administração.

[widgetkit id=14641]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.