Exposição Papel-Mundo

Texto e fotos: Ana Domingues (email: anadomingues.ufsc@gmail.com)

As monitoras Elaine Sallas e Roberta Guimarães aguardam, de segunda a sexta, pela vinda de crianças de creches ou escolas para a exposição Papel-Mundo, localizado no centro de Florianópolis. Primeiro, elas preparam as crianças para ouvir uma história dentre as três disponíveis no local. A narração só começa quando todas estão de olhos e ouvidos atentos. Na sequência, formam-se duplas para que identifiquem, juntas,  quais dos desenhos pendurados fazem parte da história contata. Depois, trios são organizados e cada grupo pega três objetos: um tecido na “árvore de palavras”, um saco na “árvore de surpresas” e uma bolinha na “árvore de cores”. A partir de então, as crianças criam uma história que incluam os objetos que receberam para a atividade. Todas apresentam e, ao final, ganham o livro da história contada no início e mais um, em branco, que deve ser escrito e desenhado por cada uma delas.

Dentre jacaré, unicórnio, beija-flor, menina e vestido rosa, as histórias da exposição Papel-Mundo são destinadas ao público infantil e foram escritas por Dennis Radunz, a partir dos relatos de Clara Moreiras Sena Maia Bretas, de seis anos, que deu origem ao livro “Declaração Universal dos Direitos das Garotas de Seis Anos”, Laura Antonow, de 60 anos, que originou “Lá, antigamente, eu voava devagar” e Carol Gesser, de 30 anos, que inspirou “O meu amigo verde”. As ilustrações são de Flávia Fernandes, Maurício Muniz e Carla Lado B. A visitação seguirá até o dia 21 de outubro, das 9h às 19h, no Espaço Cultural Governador Celso Ramos, localizado na Av. Hercílio Luz, 617 – Centro, Florianópolis. O telefone para contato é: (48) 3221-8100.

[widgetkit id=13968]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.