Grupo realiza ato em memória das vítimas da covid-19 em Florianópolis

Reportagem e fotos de Rodrigo Barbosa

Na noite da última sexta (9), a Catedral Metropolitana de Florianópolis foi cenário de uma manifestação em protesto às mais de 340 mil mortes já ocasionadas pela pandemia de covid-19.

Cruzes e velas foram colocadas nos degraus da Catedral denunciando a gestão do governo federal no controle da pandemia, que segue quebrando recordes de contaminação e letalidade no Brasil um ano após os primeiros casos.

Manifestantes cobravam maior eficácia em medidas de isolamento, aceleração do ritmo da vacinação e fortalecimento de políticas sociais para famílias cuja situação de vulnerabilidade se agravou durante o último ano, como o auxílio emergencial.

Aos pés da escadaria, velas formavam o número “11 mil”, em alusão aos mais de 11 mil catarinenses que já perderam suas vidas para a Covid. A gestão dos governadores Carlos Moisés e Daniela Reinehr, que se alternaram no comando do Estado durante a pandemia, também foi alvo de críticas dos manifestantes.

O ato foi organizado pela Frente Regional Fora Bolsonaro de Florianópolis, formada por centrais sindicais e movimentos sociais de oposição ao governo de Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.