Pela primeira vez, UFSC é palco do festival Dança no Trânsito

Texto e fotos: Vanessa Farias (vanessa.fs.93@gmail.com)

Esta é a 11ª edição do espetáculo que é visto como um dos mais importantes da dança contemporânea nacional. O objetivo do evento itinerante é abrir as portas de teatros para os cenários urbanos.

Quem passou em frente ao Centro de Cultura e Eventos da universidade, nesta quinta-feira (20), pôde assistir ao espetáculo Too Much, do grupo Tápias, apresentado por Flávia Tápias e pelo francês Gaétan Jamard. O bailarino de Burkina Faso, Romual Kabore, também participou do evento com a coreografia Romual Sans D, baseada em poemas do escritor Jean-Pierre Hamon.

[widgetkit id=10049]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.