Estudantes ocupam a Reitoria em luta pelas políticas de Permanência

Texto e fotos: Beatriz Santini (beatrizfsantini@gmail.com)

Capao_ocupaçao

Desde a noite de ontem, estudantes ocupam o prédio da Reitoria como forma de protesto à falta de políticas de permanência da universidade, como acesso ao Restaurante Universitário, segurança, moradia e bolsas permanência.

Com a greve dos servidores técnicos-administrativos (TAE’s) e o fechamento do Restaurante Universitário, os estudantes que contam com o auxílio de isenção do passe do RU deveriam receber da UFSC  um vale alimentação diário de 7,50 à 15 reais, de acordo com o Programa Auxílio Emergencial de Alimentação. Esse valor seria depositado a cada duas semanas, mas a segunda parcela do benefício, que deveria ser depositada no 20º dia útil,  não foi recebida pelos estudantes.

A reitoria alegou que o atraso ocorreu pelo fato do setor financeiro da UFSC estar funcionando apenas dois dias por semana, devido à greve dos técnicos-administrativos.

O grupo “Ocupar para Permanecer” está organizando uma assembléia pública hoje, as 17 horas, no Auditório da Reitoria para exigir a garantia de alimentação para todos os estudantes no período de greve e debater a situação atual da permanência da universidade.

Os estudantes que ocupam a reitoria deixam claro que essa movimentação não é contrária à greve que está sendo realizada pelos TAE’s.  Mesmo sendo dois movimentos independentes, eles se colocam solidários à luta dos trabalhadores da UFSC.

[widgetkit id=9707]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.