UFSC DISTRIBUI VACINAS CONTRA CAXUMBA

Texto e arte: Malena Wilbert

Fotos: Matheus Vieira

 

Nessa quinta feira começou a campanha de vacinação contra a caxumba dentro da UFSC. O atendimento esta sendo realizado nos dias 14 e 15 de abril, das 9h ás 12h e  das 13h ás 16h, dentro do auditório de engenharia de produção. A iniciativa é da Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com a Vigilância Sanitária de Florianópolis, devido a recentes casos dentro dos campos.

A vacina faz parte do Calendário Básico de Vacinação e geralmente é associada  às vacinas contra sarampo e rubéola (tríplice viral). A primeira dose é  administrada aos doze meses e a segunda, entre 4 e 6 anos, porém quando alguém é exposto ao vírus, deve tomar uma dose de reforço.
[widgetkit id=12304]
Todos que tem ligação  com a UFSC (alunos, servidores e professores) podem tomar a vacina, porém ela é contra indicada em caso de gravidez e para  pessoas imunodeprimidas. Para quem planeja engravidar, orienta-se esperar pelo menos trinta dias após a aplicação.

A caxumba é transmitida por meio de gotículas de saliva e costuma ter um período de incubação de duas a três semanas depois do contato com o vírus. Uma das principais características da doença é o aumento das glândulas salivares  que faz o rosto inchar. Ao ser contaminada a pessoa deve ser isolada para não transmitir o vírus.

A indicação é que ao suspeitar do contágio se procure um médico. Embora seja um doença comum pode gerar complicações como infertilidade ou evoluir para pancreatite ou meningite. O tratamento é apenas sintomático (só se tratam os sintomas) e dura em média duas semanas.

 

untitled-infographic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.