Laboratório da UFSC cria projeto de identidade turística de Florianópolis

Texto: Amanda Ribeiro Marques, Paula Barbabela e Luize Ribas

Arte:  Amanda Ribeiro Marques

Foto: Luize Ribas

O Laboratório de Orientação da Gênese Organizacional (LOGO) da UFSC lançou o Projeto Marca Florianópolis, que tem o objetivo de criar uma marca que represente a cidade para moradores e turistas. A elaboração da marca turística da capital vai ter a participação da comunidade e deverá ser lançada em maio de 2015, na Bienal do Design. O LOGO já ouviu mais de 30 pessoas conhecidas dos cidadãos florianopolitanos, como Guga Kuerten, o escritor Mário Prata e o historiador Nereu do Vale Pereira, além de secretários de cultura e de turismo. Agora o projeto passa para a etapa de ouvir quem vive o dia a dia da cidade.

Para o idealizador do projeto, Luiz Salomão Ribas Gomez, o processo de criação da marca de Florianópolis precisa ser de “dentro para fora”, por isso a importância da organização de eventos criativos que dialoguem com as comunidades. A estimativa é de ouvir de 1000 a 2000 pessoas que dêem sua opinião de qual é a marca de Floripa, o que ela representa para cada um. A organização dos eventos será de responsabilidade da Prefeitura, que apoia o LOGO nesse projeto. Depois dessa etapa de ouvir a todos é que o LOGO vai passar para a criação efetiva da marca de Floripa. Essa participação é para que os cidadãos realmente “assumam a marca”, comenta Gomez.

DSC_1845

A ideia do projeto surgiu em 2013 e atualmente tem uma equipe de 20 pessoas, entre alunos de graduação, mestrado e doutorado e professores de diversas áreas. O prazo para a entrega é março de 2015, e o custo do projeto é de 420 mil reais.

A publictária Valéria Feijó, integrante do projeto, acredita que a criação da Marca Florianópolis é importante para o desenvolvimento do turismo na capital. “Vamos colocar a cidade em uma posição privilegiada em relação a outros grandes centros, o que beneficia as pessoas que vivem aqui e aquelas que escolheram a cidade para visitar, realizar eventos ou estabelecer-se como empresa de produtos ou serviços”.

Para acompanhar o processo de desenvolvimento da marca e colaborar com os pesquisadores, basta acessar a página do projeto nas redes sociais; de lá vão ser agendados eventos criativos abertos para a comunidade. O site do projeto está sendo feito e em breve estará no ar no endereço: http://www.marcaflorianopolis.com/.

Confira no infográfico como funciona o processo de criação da marca:

[swfobj src=”http://cotidiano.sites.ufsc.br/wp-content/uploads/2014/07/Infográfico-TXM-700.swf” width=”700″ height=”600″ align=”center”]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.