Grafitte cobre paredes da antiga Galeria de Arte da UFSC

Texto: Natália Duane (nataliaduanedesouza@gmail.com)

As pichações nas paredes da sala em frente aos Correios, no Centro de Convivências, já foram cobertas por outro tipo de arte. Há cinco anos, não há exposições de obras na Galeria de Arte da UFSC devido à reforma do prédio – que ainda não foi iniciado. Até 2009, eram realizadas em média dez exposições por ano, com público de até 4 mil pessoas – número estimado com base nas assinaturas do caderno de visita.

Os quadros estão em exposição permanente em salas administrativas e gabinetes desde 2012, quando foi realizada a 11ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (SEPEX). Também há obras armazenadas em uma das salas do antigo Restaurante Universitário. Para Rosemar da Silva, funcionária da Secretaria de Cultura (Secult), é preocupante a atual armazenamento dos quadros, que não se encontram em ambientes apropriados e estão sujeitos à danos causados por mofo, umidade, traças e cupins.

Parte mobiliário e de documentos da Galeria está guardada em sala temporária na sede do Departamento Artístico e Cultural (DAC) e aguarda reforma e a reinstalação da Galeria para a realocação. Ainda não há data para a reabertura, mas de acordo com Carolina Canela, engenheira do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE), os projetos da reforma devem começar a ser esboçados assim que o  plano de necessidades – documento norteador dos projetos –, que está sendo elaborado pelo professor do Departamento de Arquitetura, Américo Ishida, for entregue.

Veja fotos atuais da Galeria de Arte da UFSC:

[widgetkit id=4714]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.