Exposição de Joan Miró chega a Santa Catarina

Texto: Eduarda Pereira (pereira.duda96@gmail.com)

Miro_Femmes_et_oiseau_dans_la_nuit-750x400

Abre amanhã (12), a exposição “Joan Miró – A força da matéria”, no Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), a partir das 10 horas. Organizada pelo Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a fundação espanhola Joan Miró, a mostra é composta por 112 obras, entre pinturas, esculturas e fotografias que narram a trajetória do pintor catalão. A entrada é gratuita, com distribuição de senhas diariamente para três turnos de visitação. As senhas serão distribuídas meia hora antes de cada turno, que começam às 10h, 13h e 17h.

Durante a visita, o público vai se deparar com uma divisão em três blocos cronológicos, que acompanham momentos vitais de Joan Miró: os anos 30 e 40, anos 50 e 60 e anos 70. O pintor, que nasceu em Barcelona, em 1893, participou das vanguardas artísticas que agitaram a vida cultural espanhola no inicio do século 20. Desde o início, Miró praticou uma pintura de colorido intenso, com forte influência do movimento fauvista. Ele também se aproximou dos surrealistas, sem, no entanto, fazer parte de nenhuma dessas escolas. Morreu aos 90 anos, em Palma de Maiorca, na Espanha, rico e celebrado em todo mundo como um dos maiores artistas do século.

Segundo a Fundação Joan Miró, a exposição, que já esteve em São Paulo, é a retrospectiva mais completa de obras do artista a passar pelo país. A mostra fica na capital até 14 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.