Existe amor no Spotted?

Texto: Fernanda Struecker (fe.struecker@gmail.com)

Vídeo: Ayla Nardelli (aylaap@gmail.com) e Luíza Giombelli (luizamgiombelli@gmail.com)

Edição de vídeo: Ayla Nardelli (aylaap@gmail.com)

post spotted certoDepois de um ano, mais de nove mil curtidas na página e de 3.500 mensagens publicadas, todos querem saber: o Spotted UFSC realmente funciona? Para responder essa pergunta, a equipe do Cotidiano entrou na brincadeira romântica e enviou sua própria mensagem anônima, questionando se algum casal de namorados havia se conhecido através da página. No retorno que recebemos, encontramos uma boa história para provar que existe, sim, amor no Spotted.

Sabrina Werlang é estudante da UFSC e foi uma das pessoas que respondeu nossa mensagem no Facebook. Ela e o namorado, Lucas Varela, se conheceram devido a uma publicação feita no Spotted em setembro do ano passado. Ela confessa que teve receio de encontrar alguém que havia conhecido pela internet e buscou o máximo de informações sobre Lucas nas redes sociais, para ter certeza de que era uma pessoa confiável. O encontro acabou dando certo e o Spotted foi essencial para unir um casal que dificilmente se conheceria no campus, já que Sabrina estuda Biblioteconomia, curso noturno, e Lucas é aluno de Engenharia Elétrica no período diurno.

Confira no vídeo a história do casal

O que é o Spotted?

Quem usa frequentemente o Facebook provavelmente conhece ou acompanha alguma página de Spotted. Se você viu alguém interessante no campus e, por timidez ou falta de tempo não começou uma conversa, basta mandar uma mensagem descrevendo essa pessoa e/ou o local onde vocês se cruzaram; assim, se alguém souber o nome de quem você procura, irá responder ou marcar a pessoa nos comentários. As mensagens são enviadas para os moderadores da página e são publicadas de forma anônima, cabe ao seu remetente a decisão de se apresentar ou não após encontrar quem estava procurando. A ideia rapidamente virou moda e, hoje em dia, a maioria das universidades e escolas possuem suas páginas no Facebook, criadas e gerenciadas pelos próprios estudantes. A UFSC tem seu Spotted desde março de 2013 e, na época, o Cotidiano realizou uma entrevista com a moderadora da página.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.