Conheça as Plantas Alimentícias Não Convencionais da UFSC

Written by admin on . Posted in Reportagens

Texto e imagens: Heloisa Baumgratz (mheloisa96@gmail.com)

Diariamente nos alimentamos com plantas que já são conhecidas no cardápio, batata, arroz, feijão, tomate. Mas já parou para refletir que este é um espectro minúsculo perto dos vegetais que podemos consumir?

Há alguns anos, uma sigla tem se intensificado nas conversas sobre alimentação sustentável e saudável: PANCS – Plantas Alimentícias Não Convencionais. As PANCS são aquelas plantas que podem ser comidas mas são pouco reconhecidas como alimentos e mais conhecidas como “pragas” ou simplesmente “mato”. Muitas dessas plantas possuem um alto valor nutricional e estão esperando por você no quintal mais próximo.

Só que antes de sair comendo qualquer matinho por aí, é muito importante que se possa reconhecer se a planta é realmente comestível, e, se for, de que forma essa planta deve ser consumida. Na UFSC, nós podemos encontrar diversos tipos de PANCS. E um projeto no CCA, o HOCCA (Horta Orgânica do Centro de Ciências Agrárias), tem ampliado a abertura para essas plantas produzindo essas plantinhas e colhendo para levá-las ao RU.

Na ufsc, existem diversas PANCs, inclusive as amoreiras, fizeram muito sucesso com a chegada da primavera. Selecionamos algumas pancs que existem na UFSC para você reconhecer quando esbarrar com elas por aí.

 

Morango do Mato: Conhecido também como framboesinha, o morango do mato é comestível e, com a chegada do verão, as frutinhas começam a aparecer, na UFSC pode ser encontrada na região do CDS.

Erva Baleeira: é uma planta típica da Mata Atlântica, pode ser reconhecida pelo seu aroma característico que lembra temperos concentrados para a cozinha. A planta tambem possui caráter cicatrizante e medicinal. Na UFSC encontramos a Erva na cerca viva que separa o curso de Arquitetura e a Fundação CERTI.

Acerola: é mais conhecida, e a UFSC possui algumas árvores da frutinha vermelha rica em Vitamina C. Agora, no verão, elas começarão a dar seus frutos. Você pode colher em diversas árvores da UFSC como aos fundos do Centro de Cultura e Eventos e na região do CDS.

Capuchinha: tem um sabor amarguinho e flores que também são comestíveis. Na UFSC-Trindade você pode encontrar as capuchinhas na região do Colégio de Aplicação, Centro Tecnológico e Arquitetura.

Capuchinha: tem um sabor amarguinho e flores que também são comestíveis. Na UFSC-Trindade você pode encontrar as capuchinhas na região do Colégio de Aplicação, Centro Tecnológico e Arquitetura.

Trackback from your site.

Leave a comment