Pré-vestibular UFSC – Data para início das aulas ainda sem definição

Written by cotidiano on . Posted in Arquivo, Reportagens

Texto: Ediane Mattos (edimattos@gmail.com) e Marilia Marasciulo(mariliamarasciulo@gmail.com)
Arte: Merlim Malacoski (merlimiriane@gmail.com)

“Afinal, vai ter pré-vestibular esse ano? ja é praticamente abril e nada”.
“PQ DEMORA TAAAAANTO SEMPRE?”
“gente !!! cade esse edital…cara???”

Essas são algumas das perguntas que os responsáveis pelo Cursinho Pré-vestibular da UFSC estão tendo que responder diariamente em sua página em uma rede social. Os autores são estudantes que aguardam impacientes o lançamento do edital para tentarem uma das 3.000 vagas para o cursinho preparatório.

A resposta não é a mais esperada. “Sem novidades. UFSC e SED continuam conversando. A SED diz que em maio começam as aulas.”

O Pré-vestibular, que acontece desde 2003, é oferecido gratuitamente, em todas a unidades da UFSC e em Florianópolis também no Instituto Estadual de Educação (IEE), para alunos de baixa renda que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Em 2009, a UFSC fechou parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SED) possibilitando atender novos municípios do estado.

Os encontros entre a UFSC e a Secretaria de Estado da Educação (SED) para avaliarem o trabalho realizado em 2012 e definirem as novas ações para este ano começaram em janeiro. Depois de idas e vindas do projeto, a UFSC entregou na tarde de ontem (02) mais uma proposta.

Segundo a diretora interina de Educação Básica e Profissional, Marilene Pacheco, até o final desta semana uma nova conversa está prevista para finalizar o projeto. De acordo com a assessoria de imprensa do gabinete da UFSC, logo que o convênio for assinado as inscrições serão abertas.

[swfobj src=”http://cotidiano.sites.ufsc.br/wp-content/uploads/2013/04/prevestibular1.swf” width=”350 px” height=”410 px” align=”right”]A UFSC e a SED preveem que as aulas comecem entre a segunda quinzena de abril e primeira de maio. Após a assinatura do convênio UFSC/SED terá que ser feita a seleção dos profissionais que irão trabalhar no cursinho. O professor Otávio Auler, idealizador e coordenador do Pré-vestibular da UFSC/SED, explica que esse processo é ágil. “Após o lançamento do edital, acredito que em um mês comecem as aulas.”

A preocupação dos estudantes é resultado dos impasses que ocorreram no ano passado quando o Governo informou que havia possibilidade de encerrar o convênio com a UFSC, que de acordo com a Instituição inviabilizaria o curso pré-vestibular de forma gratuita. A decisão gerou manifestações de milhares de pessoas através das redes sociais e um grupo de 200 pessoas foi até a Assembléia Legislativa protestar. O governo estadual voltou atrás, manteve o convênio e, com dois meses de atraso no prazo previsto, as inscrições foram abertas.

Em 2012, o investimento foi de R$ 1,2 milhão por parte do Governo e R$ 400 mil por parte da Universidade. Para este ano o Estado anunciouo aporte de R$ 1,5 milhão, 25%a mais que no ano passado, e a UFSC prevê empregar 25% do valor aplicado pelo Governo.

O Cursinho já ajudou mais de 33 mil alunos de escolas públicas a tentarem uma vaga nas universidades catarinenses. No ano passado, 29 cidades do Estado receberam as aulas e cerca de 3.200 estudantes foram atendidos. Além das aulas, o curso oferece gratuitamente aos alunos as apostilas, materiais didáticos, aulões, aulas de reforço e suporte profissional e de apoio pedagógico.