Author Archive

Em palestra da COY11, Mujica argumenta que é preciso tempo para ser feliz

Written by admin on . Posted in Arquivo, Reportagens

Reportagem: Larissa Gaspar ( larissa.gasparcp@gmail.com), Luiza Kons (lupkons@gmail.com) e Nahomie Laurore (nahomielaurore@gmail.com )

Mujica-galeria

A representante do Engajamundo, Raquel Rosenberg discursava sobre a participação da juventude na luta pela preservação do meio ambiente na abertura da 11ª Conferência da Juventude, nesta quinta-feira (26), no auditório Guarapuvu da UFSC, quando do outro lado da mesa uma mulher se levanta e vai até o seu lado. Ela cochicha em seu ouvido e Raquel entrega o microfone. “Desculpa, gente… É que o Mujica quer falar”.  Ela mal termina a frase e o auditório lotado aplaude. Do meio das cortinas pretas, surge um homem de cabelos brancos e terno marrom.

O ex-presidente do Uruguai, José Mujica, discursou por cerca de uma hora e meia para centenas de estudantes, que desde às 18h  formavam fila para ouvi-lo. Ele criticou o consumismo desenfreado que rouba o tempo livre das pessoas e destacou que as pessoas devem trabalhar para sobreviver:

-Porque se você não vive de seu trabalho está vivendo às custas do trabalho de outros. Mas tem de ter a maior cota de tempo possível para ser feliz.

Mujica explica que as pessoas devem viver pelo necessário, assim terão a maior cota de tempo para fazer aquilo que querem. Para ele, nos acostumamos a naturalizar um sistema em que “compramos, compramos, compramos”, para depois pagarmos “contas, contas, contas”, e no fim disso tudo, as pessoas perdem seu tempo de vida:

-Você não deixa seu filho faltar à aula, porque não tem tempo de estar com ele.

Outro ponto destacado pelo ex-presidente é que precisamos aprender a respeitar e amar ao próximo, mas não por uma visão religiosa que vende a ideia de um paraíso e sim a necessidade de tornamos nosso planeta um lugar melhor. E isso só será possíve se homens e mulheres lutarem para combater o próprio egoísmo.

-Então quando você compra não está comprando com dinheiro, mas com o tempo de sua vida.

Leia a entrevista de Pepe Mujica para o site Calle 2 

A palestra fez parte do ciclo latino-americano e caribenho da 11ª Conferência da Juventude sobre Mudança do Clima — a COY-11, que ocorre simultaneamente em nove países de todos os continentes até sábado (28). É a primeira vez que Florianópolis sedia o evento.

A COY-11 precede um dos maiores encontros sobre transformações climáticas do mundo, a chamada Conferência das Partes (COP), onde representantes de 195 países se encontrarão em Paris para tentar um novo acordo voltado à redução da emissão de gases que provocam efeito estufa.

 Veja como estava a UFSC antes da palestra:

Confira as fotos:

Os projetos de Mujica

Mujica

 

SOBRE O COY11

Estão previstas palestras de nomes de destaque na área ambiental como o ex-presidente uruguaio José Alberto Mujica, o artista plástico Eduardo Srur e o médico e ex-candidato à presidência Eduardo Jorge. Centenas de estudantes já estão alojados na universidade.

CONFIRA AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO COY-11

Serão mais de 80 horas de debate que, no fim, resultarão em um manifesto conjunto para embasar as discussões em Paris, pedindo uma revisão do já desatualizado Protocolo de Kyoto.

Criada em 2004 e organizada anualmente pela ONG internacional YouNGO, a COY ocorre neste ano também em Paris (França), Montreal (Canadá), Antananarivo (Madagascar), Nouméa (Nova Caledônia), Rabat (Marrocos), Abomey Calavi (Benim) e Tóquio (Japão).

Juntos, os nove países que receberão as conferências aguardam um público de pelo menos 8,5 mil pessoas, sendo 900 delas em Florianópolis.

As três palestras principais — José Mujica, Eduardo Srur, Daniel da Silva e Juliana Schneider — terão transmissão pelo site da COY.

Assista a palestra na íntegra:

Além de palestras e mesas de discussão, a COY11 promove também oficinas. Nesta quinta-feira (26), a oficina ministrada por Fátima Demartino foi para aprender a confeccionar uma Ecobag – sacola ecológica feita com materiais que não agridem a natureza, substituindo as sacolas de plásticas.

Veja as fotos 

Grupos protestam contra o desastre ambiental em Mariana (MG)

Pintados de argila e segurando cartazes em desaprovação ao desastre ambiental em Mariana, um grupo aproveitou a movimentação da palestra do ex-presidente uruguaio para entoar palavras de ordem contra os responsáveis pelo rompimento das barragens em Minas Gerais e atacar o projeto de uma fosfateira em Anitápolis.

Veja as fotos: